Facebook Ads Basic

6 razões para investir em anúncios no Facebook

1 Mar , 2017  

 

1.230,000,000 (Fev 2017), é este o número de utilizadores ativos por dia no Facebook.

O marketing digital mudou radicalmente durante a última década. Há dez anos, o Facebook passou de uma plataforma reservada a estudantes universitários para uma plataforma à qual todos podem aceder. As páginas de perfil tinham um aspeto totalmente diferente e os “Feeds de Notícias” e “Cronologias” não existiam.

Avancemos para os dias de hoje. Não só o Facebook utiliza agora algoritmos a fim de filtrar aquilo que você achará mais interessante, como também inclui oportunidades para empresas, onde elas podem utilizar a plataforma como veículo publicitário para os utilizadores.

Se ainda está na dúvida sobre um eventual investimento em Anúncios no Facebook, e se permanece hesitante sobre se este é o sítio correto para aplicar o seu orçamento de marketing, consulte abaixo as seis razões principais que justificam o fato de este ser um investimento inteligente para o seu negócio.

 

1 – O Mundo inteiro está no Facebook

 

Com os seus 1.23 mil milhões de utilizadores diários e 1.86 mil milhões de utilizadores mensais, o Facebook é um dos websites mais populares no mundo. O que significa que a publicidade do Facebook cria uma oportunidade extremamente valiosa para as empresas, através da qual podem surgir diante dos potenciais clientes presentes no Facebook.

Enquanto outras redes sociais, como o Instagram, o Pinterest, o Twitter e o Snapchat têm conquistado popularidade ao longo dos anos, o Facebook é ainda o rei no que diz respeito a este meio. De fato, o Facebook tem mais do dobro de utilizadores adultos online de que qualquer outra plataforma.

O outro aspeto-chave a considerar em relação aos utilizadores do Facebook é que eles cobrem todas as faixas etárias. Apesar de o grupo etário mais popular no Facebook ser aquele que se situa entre os 18-29 anos de idade, com uma taxa de utilizadores de 88%, a diferença para as faixas etárias mais velhas é residual.

Em 2016, 84% das pessoas na faixa etária dos 30-40 anos e 72% daqueles inseridos na faixa que consagra os 50-64 anos de idade utilizaram o Facebook. Até mesmo o grupo etário +65 apresentou uma taxa de 62% de utilização.

Resumindo, qualquer tipo de cliente que queira atrair está presente no Facebook. O que significa que pode aproveitar a sua popularidade para a sua publicidade.

 

2 – Os Anúncios de Facebook Podem Ser Segmentados Com Precisão

 

O desafio que se coloca quando se tem acesso a tantos utilizadores é garantir que os seus anúncios encontram os seus potenciais clientes.

Felizmente, a publicidade do Facebook permite-lhe dirigir-se com precisão ao público para o qual o seu anúncio se destina. Poderá utilizar as seguintes opções de segmentação:

  • Dados demográficos que podem ser divididos por idade, sexo, localização geográfica, etc.
  • Interesses baseados naquilo que o utilizador gosta, partilha, clica, comenta, assim como as aplicações que ele/ela utiliza.
  • Comportamentos baseados na atividade no Facebook, isto inclui atividade de compras, utilização de dispositivo e preferências de viagem.
  • As páginas-chave visitadas no seu website (também conhecido como redireccionamento)
  • Lista de subscritores de email ou clientes na sua base de dados.

Pode até pedir ao Facebook para encontrar utilizadores semelhantes, num recurso designado por Públicos Semelhantes, após criar um público utilizando as opções acima.

A especificidade das capacidades de segmentação do Facebook, aliadas à grande quantidade de informação que pode recolher sobre os interesses do seu utilizador, torna-o uma excelente opção publicitária.

 

3 – Com os Anúncios de Facebook Pode Definir Objetivos Claros

 

Existem dois tipos de Anúncios de Facebook que poderá executar e cada tipo alcança um objetivo diferente para o seu negócio.

Com os Anúncios de Envolvimento, o objetivo da sua campanha é envolver o seu público ao encorajá-lo a tomar ações e a interagir com a sua publicação. O foco destes anúncios passa por obter informação sobre a sua informação e crescer e fomentar o seu público. Isto também o auxilia na aprendizagem sobre como enviar mensagens e conteúdo com o qual o seu público se conecta e poderá dar-lhe informação a fim de criar anúncios futuros. Com estas publicações, poderá nem sequer perceber à primeira que eles são anúncios, já que o seu intuito passa por se integrarem com as típicas publicações orgânicas com as quais interage.

Com os Anúncios de Resposta Direta, o objetivo da sua campanha passa por fomentar leads e vendas. Estes anúncios terão uma oferta e uma chamada para ação para “registar” ou “ligar agora” ou “clique aqui”. A oferta e a chamada para ação são dois componentes críticos para uma publicidade de resposta direta bem-sucedida. Estes anúncios são também excelentes caso esteja a tentar vender um produto específico ou a oferecer um novo negócio.

Primeiro, determine o porquê de estar a executar a campanha publicitária (exposição vs. resposta) e depois pode utilizar as opções de definição de objetivos do Facebook para garantir que alcança essa meta.

 

4 – Fique À Frente Dos Seus Concorrentes

 

Tendo em conta o poder da plataforma de publicidade do Facebook, não deixa de ser surpreendente o elevado número de empresas que ainda não a utilizam ou, pelo menos, aquelas que o fazem incorretamente. Assim, se os seus concorrentes não estão a publicitar, ou se não estão a fazê-lo corretamente, e você por outro lado pode, poderá ganhar uma vantagem fantástica sobre eles e aproveitar uma oportunidade para conquistar negócios que de outra forma lhe passariam ao lado.

Ao atrair a atenção das pessoas, ao aumentar a consciencialização e ao envolver-se com o seu público, pode obter novos leads e clientes que investem e se tornam leais à sua marca. Caso contrário, esses clientes poderão acabar nas mãos dos seus concorrentes.

 

5 – Os Anúncios De Facebook São Fáceis de Rastrear

 

Rastrear o sucesso de qualquer campanha publicitária é extremamente importante. Permite-lhe medir o número de leads e vendas geradas diretamente pela sua campanha publicitária no Facebook.

O processo de configuração do rastreio de conversão do Facebook é simples e semelhante a outras redes de anúncios.

O primeiro passo é copiar o seu próprio pixel de rastreamento e adicioná-lo a cada página individual do seu website.

Assim que esse processo estiver completo, você tem duas opções para rastrear as conversões:

  • Rastrear as conversões personalizadas recorrendo ao URL da página web. Por exemplo, se quiser rastrear registos de demonstração por exemplo, necessitaria de copiar a URL da sua página de agradecimento pelo registo da demo e dizer ao Facebook para rastrear essa mesma página como elemento de conversão.

 

  • Rastreio de eventos utilizando os códigos de Evento. Isto é um pouco técnico já que precisa de copiar uma linha de JavaScript e colá-la no final do código do pixel (antes de </script>) na página web que pretende rastrear. Por exemplo, se quiser rastrear registos de demonstração, então teria de copiar o código Lead Event, que é  “fbq(‘track’, ‘Lead’);” Depois teria de colar esse código antes de </script> no seu código de pixel na página de agradecimento pelo registo demo.

Se estes passos lhe parecem complexos, existe também a opção de enviar o código e as instruções por email ao seu programador. Para a maioria dos websites, isto deverá ser um processo fácil e sem problemas. 🙂

 

6 – Rastreie Facilmente Gastos, Desempenho e ROI

 

Independentemente daquilo que gasta na publicidade para o Facebook, a coisa mais importante é que saiba exatamente aquilo que está a conseguir com essa verba. Apesar de uma rede social ser um canal de negócios barato, poderoso e vital, por norma poderá ser difícil medir o ROI em relação ao tempo e recursos investidos para manter um forte perfil e comunidade. Contudo, com a publicidade de Facebook você pode ver claramente aquilo que gastou e os resultados conseguidos.

Dentro do Gestor de Anúncios do Facebook, você pode rastrear um grande leque de métricas de desempenho que irão ajudá-lo a medir o desempenho e o ROI. A informação que lhe é facultada inclui:

  • O número total de vezes que o seu anúncio é mostrado (Impressões), o número de pessoas diferentes que vêem o seu anúncio (Alcance) e a média de vezes (Frequência)
  • O número de cliques e outras ações que as pessoas tomaram, como gostos na página, envolvimento, comentários e partilhas.
  • Dados de custos incluindo a média do Custo por Clique (CPC), Custo por Gosto e Custo por Conversão, com base nos seus objetivos e rastreio específicos.

 

Irá utilizar a publicidade do Facebook?

 

Ao adicionar meio milhão de marcas pagantes no último ano, o Facebook testemunhou um aumento de 43% na sua receita publicitária. Fica patente que algumas empresas estão a começar a acreditar na publicidade do Facebook. É uma delas ou permanece indeciso sobre se deve investir na plataforma?

Clique no ícone para partilhar com os seus amigosShare on Facebook
Facebook

,

By  
Entusiasta e apaixonado pelo mundo da estratégia digital. Consultor em várias empresas, com experiências académicas e profissionais em vários países. Dedica a vida a ensinar e aprender como se maximiza a presença online de pequenas e médias empresas, num contexto cada vez mais complexo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.