Facebook Ads Basic

3 Razões pelas quais nunca deverá utilizar a opção “ Promover Publicação “ nos anúncios no Facebook

8 Set , 2017  

Você provavelmente estará já a implementar anúncios de Facebook ou, quiçá, equaciona fazê-lo. Afinal, parece haver imensas empresas a apostar nos anúncios de Facebook, e com razão para tal.

 

Contudo, muitos dos novos anunciantes começam simplesmente por recorrer à infame opção Promover / Impulsionar Publicação, dada a sua facilidade e simplicidade de acesso diretamente a partir do interface da página. Se este é o seu caso, poderá estar a indagar sobre como funcionam as Publicações Impulsionadas, ou se valerá a pena sequer apostar nelas.

 

Não se equivoque, a plataforma de anúncios do Facebook é a arma secreta para que muitas empresas saibam como utilizar a rede social a fim de comercializar corretamente os seus produtos e serviços, perante o seu público-alvo – de restaurantes, clínicas médicas, agentes imobiliários, advogados, dentistas, massagistas, empresa de e-commerce, fotógrafos, entre outros.

 

Não existe outra plataforma publicitária que se compare ao Facebook e, sem dúvida alguma, nenhuma consegue proporcionar a mais-valia que o Facebook garante no que concerne a uma segmentação precisa.

 

Acima de qualquer outra, a plataforma de anúncios do Facebook oferece inúmeras informações psico-demográfica sobre os utilizadores da plataforma, onde se inclui interesses, comportamentos, gostos ou antipatias, rendimento do agregado, idade, género, crenças religiosas ou ideologias políticas, casados ou solteiros, pais que têm filhos em casa ou na faculdade, entre outros. As opções singulares de segmentação dão-lhe a SI, enquanto anunciante, um leque infindável de escolhas.

 

Contudo, seja cuidadoso.

 

A abundância de informação e as opções de segmentação para os anunciantes, as quais podem ser utilizadas para fazer publicidade no próprio Facebook, conseguem preocupar qualquer um que não tenha experiência na plataforma.

O Facebook tem disto consciência e foi por isso que criou a opção Impulsionar Publicação na sua página de interface, como mostra o screenshot da página da minha empresa.

 

 

É extremamente fácil gastar o orçamento de publicidade e marketing com as Publicações Impulsionadas no Facebook, mas esta é também uma excelente maneira de perder os seus euros consignados à publicidade sem obter os resultados que PODERIA alcançar.

 

Se está apenas a utilizar as Publicações Impulsionadas, não está a alavancar todo o potencial que o Facebook tem para oferecer.

 

O Facebook simplificou a publicidade na sua página de interface (quando equiparado à configuração de campanhas no seu gestor de anúncios ou no Power Editor) e reduziu a maioria de opções de publicidade que tem para oferecer.

Contudo, esta limitação em opções prende-se com uma questão de conceção.

Sabia que o Facebook disponibiliza mais de 10 diferentes objetivos de marketing, sendo que não encontrará nenhum se optar pelas publicações impulsionadas e a publicidade disponível no interface da página? Abaixo, verá um screenshot dos objetivos de campanha que o Facebook oferece aos publicitários que NÃO recorrem a anúncios do interface da página através da Publicação Impulsionada.

 

 

 

O Facebook pretende fazer com que a publicidade seja tão acessível e fácil de implementar quanto possível, albergando o maior número de anunciantes e administradores de páginas.

Se vocês, enquanto novos anuciantes com pouca (ou nenhuma) experiência, se vissem de pronto confrontados com 10 diferentes objetivos de marketing à sua escolha, a maioria acabaria por fugir tão rápido quanto possível – e isso é demasiado intimidante!

Eis três razões detalhadas que justificam fazer uma pausa nos seus gastos em publicações impulsionadas e levar em conta a opção de elevar os seus anúncios do facebook para um outro nível.

 

Três razões pelas quais nunca se deve PROMOVER / IMPULSIONAR PUBLICAÇÕES nos anúncios do Facebook

 

 

Primeira Razão

 

Existem opções muito mais eficazes para si enquanto anunciante. As publicações impulsionadas são apenas um dos 10 diferentes objetivos de marketing que o Facebook oferece aos anunciantes. Muitos destes objetivos de marketing ajudá-lo-ão a alcançar resultados empresariais que as Publicações Impulsionadas não conseguem, como leads, vendas, perceção de marca, aumento de visualizações de vídeo, e outras.

Como exemplo, utilizemos estes objetivos de marketing do Facebook e respetivas metas associadas:

  • Visualizações de Vídeo: focado em conseguir mais visualizações para o seu vídeo
  • Tráfego (no passado era conhecido como cliques para website): focado em fazer com que mais pessoas entrem na primeira página do seu website
  • Conversões (ou seja, Anúncios Lead): desenhados para capturar informação das leads geradas (por exemplo, emails) através dos utilizadores no Facebook
  • Perceção de Marca: coloca o seu anúncio à frente de pessoas que em princípio terão mais interesse na sua marca

Isto são apenas alguns dos objetivos de marketing disponíveis para a sua empresa através do Facebook, para além da infame Publicação Impulsionada.

Se está a trabalhar diretamente a partir do interface da sua página para impulsionar as publicações, em vez de recorrer ao gestor de anúncios ou ao Power Editor, então estas demais opções de marketing não estão disponíveis para si.

Eis uma publicação orgânica da minha página, feita através do botão Publicação Impulsionada.

 

 

Quando clica no botão Impulsionar Publicação na página de uma publicação, é isto que, por norma, verá (abaixo, possuo uma lista de Públicos Personalizados que você não terá):

Não lhe são apresentados outros objetivos de marketing – não há visualizações de vídeo, não há aumento de perceção de marca e não poderá conduzir o público para o seu website.

 

Segunda Razão

 

As Publicações Impulsionadas estão focadas no envolvimento (são as denominadas métricas de vaidade) e especificamente segmentadas para os 16% de utilizadores que irão provavelmente envolver-se com um anúncio (fonte: Facebook).

Se isto é aquilo que almeja, não há problema algum, mas o envolvimento não fará com que haja mais vendas, conversões, um maior alcance ou perceção de marca, quando comparado com outros objetivos de campanha mais eficazes, caso pretenda fazer crescer a sua empresa.

Cada um dos objetivos de marketing do Facebook está desenhado para um objetivo específico e as publicações impulsionadas focam-se somente no envolvimento da publicação. E o envolvimento não é um bom objetivo quando está focado nos resultados da empresa, como por exemplo um aumento das suas vendas.

Neste caso, você acaba por estar a focar-se em utilizadores com um elevado índice de envolvimento, porém tal não se correlaciona com intenções de compra, reconhecimento de marca, etc. Ao invés, está apenas concentrado naquelas pessoas que tendem a reagir ou a “gostar” de tudo.

Acha que faz sentido querer gastar o seu orçamento de publicidade num objetivo onde as pessoas “gostam” de qualquer coisa?

 

Terceira Razão

 

Quando impulsiona uma publicação diretamente a partir do seu interface de página, as opções de segmentação são ainda mais limitadas (em comparação com a utilização de anúncios a partir do gestor ou do Power Editor), já que não poderá testar os diferentes estilos criativos (imagens, texto publicitário ou vídeo) ou mesmo os tipos de licitação.

No Gestor de Anúncios ou no Power Editor, tem opções para fazer testes criativos, alterar as opções de licitação e uma grande miríade de recursos de publicidade, as quais não se encontram disponíveis nas publicações impulsionadas no interface de página.

 

Então para que servem as publicações impulsionadas e quem as vê?

 

A melhor situação onde pode aplicar publicações impulsionadas surge quando pretende aumentar a sua visibilidade no feed de notícias orgânicas e comunicar algo aos seus fãs. As pessoas que veem as suas publicações impulsionadas serão provavelmente os seus fãs mais envolvidos, ou seja, aquelas pessoas que “gostam” e se envolvem sempre com as suas publicações.

Resumidamente, se está a apostar em publicações impulsionadas como estratégia principal para os anúncios de Facebook, chegou a hora de levar o seu conjunto de anúncios no Facebook para outro nível e olhar para as demais campanhas de objetivos altamente eficientes.

Clique no ícone para partilhar com os seus amigosShare on Facebook
Facebook

,

By  
Entusiasta e apaixonado pelo mundo da estratégia digital. Consultor em várias empresas, com experiências académicas e profissionais em vários países. Dedica a vida a ensinar e aprender como se maximiza a presença online de pequenas e médias empresas, num contexto cada vez mais complexo.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.